terça-feira, 4 de outubro de 2011

ROUPA PARA SHOW E FESTIVAL DE MÚSICA


Nos festivais gringos como Lollapalooza, Glastonbury e Sonar, o povo vai fardado: shortinho detonado na altura do útero, camiseta e galocha. Nessas ocasiões, distiguir Alexa Chung de Kate Moss só mesmo olhando os acessórios.

O resultado fica legal dentro do contexto e a gente acha lindo ter pelo menos uma grande ocasião em que todo mundo vai pensando muito mais nas músicas que decorou em casa do que no carão que montou para o evento social.

Já nos festivais brasileiros como Rock in Rio, SWU e Planeta Terra, a gente tem a impressão de que o clima é menos de guerrilha e as pessoas se permitem ir mais mauricinhas.

Na nossa opinião, a roupa ideal para um show desses é ultraconfortável e prática, mas com toques mais brasileiros para não fazer cospobre de Roskild – festival dinamarquês – em pleno Trópico de Capricórnio. E também com alguns toques femininos que digam que, fora daquele ambiente, a gente até sabe o que é dignidade.

NOS PÉS

Se o show não for ter lama de verdade, vale a pena trocar a galocha por sandália birkin Melissas confortáveis – nem todas são! – ou por tênis mais femininos como Keds, alguns modelos de All Star e aqueles teninhos fofos com laço no lugar do cadarço e paetês vendidos em lojas como New Order e Accessorize.

Além de serem confortáveis, mais femininos e alongadores do que a galocha, esses sapatos não te deixam com cara de quem copiou o look das gringas sem checar a meteorologia.

PERNAS, PRA QUE TE QUERO

Aproveitar o calor humano e tropical para ir de short ou bermuda deixa a composição mais feminina em uma situação em que cabelo e maquiagem não costumam estar em seus melhores dias.

O tradicional shortinho jeans detonado até é uma boa opção, mas como 99% das meninas estarão usando a mesma roupa, pode ser mais interessante pular para um modelo de sarja ou de algodão com algum detalhe como uma amarração lateral, por exemplo.

CAMISETA HERING É SÓ UM CONCEITO

Talvez chova, talvez manche, talvez elasteça. Por isso, evite escalar sua camiseta favorita. Por outro lado, não precisa catar a camiseta branca mais preguiçosa do armário e levar para a noite.

Uma camiseta simples com um decote bonito nas costas, com uma manga que amarra ou com uma faixa para marcar a cintura já resolve a questão.

O ACESSÓRIO ENQUANTO APARATO DE GUERRILHA

Em um show longo, com bebida, sol e cansaço, é necessário levar um pouco mais que cartão de débito e chave de casa. É preciso ter lugar para a aspirina, um lencinho, para as fichas de comida e bebida.

Uma bolsa média com alça cruzada pelo meio do corpo resolve a questão e ainta te deixa com as mãos livres.

Nessas ocasiões em que não cabe usar camas de roupa, colares, pulseiras e brincos podem fazer a diferença entre um look pobrinho e outro muito legal. É preciso, no entanto, ter cuidado para não usar nada que enganche nos outros ou atrapalhe seus movimentos.

Para fechar com dignidade, terceira peça de show pode ser um cardigã levinho que te protege no fim da noite ou uma camisa de flanela quentinha. Quando não forem usados, eles podem fazer um charme na cintura ou pendurados na bolsinha transpassada.

0 comentários on "ROUPA PARA SHOW E FESTIVAL DE MÚSICA"

Postar um comentário

Deixe seu Recado ou sua Sugestão

Hora Certa

Barra de videos

Loading...
 

Meus Blogs Favoritos

Seguidores

Bem Vindos

A todos espero que gostem

Mundo Da Mulher Copyright 2008 Karla Danielly Designed by Karla Image by Karla;s Notez