quinta-feira, 25 de junho de 2009

camisinha feminina


O que são preservativos femininos ou camisinhas femininas

O preservativos femininos, popularmente conhecidos como camisinha feminina, são um produto usado durante o intercurso sexual para prevenir a gravidez e evitar doenças sexualmente transmissíveis como AIDS, gonorréia e sífilis.

A camisinha feminina foi inventada há mais de 15 anos pelo dinamarquês Lasse Hessel. Ela é usada internamente pelo parceiro receptivo e impede fisicamente o sêmen ejaculado de entrar no organismo da pessoa.

Eficiência do preservativo feminino ou camisinha feminina

Alguns primeiros teste sugeriram que a camisinha feminina ofereceria melhor proteção do que o preservativo masculino, porém testes no mundo real descobriram que o preservativo feminino era menos eficiente que a camisinha masculina para a maioria das pessoas.

Primeiros testes sobre a eficiência da camisinha feminina:

* Uma apresentação na Conferência Internacional de 1990 sobre AIDS concluiu que "exposição ao sêmen foi significativamente menor com o uso do preservativo feminino comparado ao preservativo masculino".

* Uma apresentação Conferência Internacional de 1989 sobre AIDS concluiu que "o preservativo feminino teve significativamente menos vazamentos do que o preservativo masculino. O risco combinado de vazamentos, rompimentos e deslizamentos dentro da vagina usando o preservativo feminino foi de 3,3% comparado ao risco combinado de 11,5% usando o preservativo masculino".

Experimentos no mundo real:

* Estudo do FDA (órgão americano que regula medicamentos) sobre a eficiência da camisinha feminina para sua aprovação descobriu uma taxa de gravidez de 26% ao ano como o seu uso. O estudo do mesmo órgão sobre a eficiência da camisinha masculina descobriu uma taxa de gravidez de 15% ao ano.

* De acordo com o "Contraceptive Technology: Eighteenth Revised Edition" a taxa de gravidez com o uso típico da camisinha feminina é de 21% ao ano. Já a taxa de com o uso prefeito da camisinha feminina é de 5% ao ano. Comparativamente, a camisinha masculina usada tipicamente tem uma taxa de gravidez de 15% ao ano e usada perfeitamente de 2% ao ano.

Lubrificantes e preservativo feminino ou camisinha feminina

Lubrificantes baseados em água e silicone são seguros de usar com camisinha feminina, assim como com outros contraceptivos de barreira. Óleos que possam danificar o látex não devem ser usados com a camisinha feminina ou masculina feita desse material.

Vantagens do
preservativo feminino ou camisinha feminina

Os genitais externos de quem usa a camisinha feminina, assim como a base do pênis do parceiro, podem ficar mais protegidos com a camisinha feminina do que a masculina. Teoricamente, isso daria mais proteção contra herpes genital. Além disso, não é preciso que o pênis do parceiro esteja ereto para inserir a camisinha feminina
.

A camisinha feminina é uma "bolsa" feita de um plástico macio, o poliuretano, que é um material mais fino que o látex do preservativo masculino. Essa bolsa recebe o líquido que o homem libera na relação sexual, impedindo o contato direto dos espermatozóides com o canal vaginal e com o colo do útero da mulher, evitando assim a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, a transmissão do HIV, e prevenindo a gravidez não planejada.

A bolsa tem 15 centímetros de comprimento e oito de diâmetro, sendo, portanto, bem mais larga que o preservativo masculino. Tem, porém, maior lubrificação. Na extremidade fechada existe um anel flexível e móvel que serve de guia para a colocação da camisinha no fundo da vagina. A borda do outro extremo termina em outro anel flexível, que vai cobrir a vulva (parte externa da vagina).

Passo a passo:

passo 1
  • Encontre uma posição confortável para você - pode ser em pé com um dos pés em cima de uma cadeira, sentada com os joelhos afastados, agachada ou deitada;

  • Segure a camisinha com o anel externo pendurado para baixo;
  • passo 2
  • Aperte o anel interno e introduza na vagina;

  • Com o dedo indicador, empurre a camisinha o mais fundo possível (a camisinha deve cobrir o colo do útero);


  • passo 3
  • O anel externo deve ficar uns 3 cm para fora da vagina - não estranhe, pois essa parte que fica para fora serve para aumentar a proteção (durante a penetração, pênis e vagina se alargam e então a camisinha se ajusta melhor);
  • passo 4
  • Até que você e o seu parceiro tenham segurança, guie o pênis dele com a sua mão para dentro da sua vagina.

  • Obs.: com o vaivém do pênis, é normal que a camisinha se movimente. Se você sentir que o anel externo está sendo puxado para dentro, segure-o ou coloque mais lubrificante.

    • Uma vez terminada a relação, retire a camisinha apertando o anel externo; torça a extremidade externa da bolsa para garantir a manutenção do esperma no interior da camisinha; puxe-a para fora delicadamente.

    0 comentários on "camisinha feminina"

    Postar um comentário

    Deixe seu Recado ou sua Sugestão

    Hora Certa

    Barra de videos

    Loading...
     

    Meus Blogs Favoritos

    Seguidores

    Bem Vindos

    A todos espero que gostem

    Mundo Da Mulher Copyright 2008 Karla Danielly Designed by Karla Image by Karla;s Notez